Ácido Vanil Mandélico, urina

Outros nomes:

ÁCIDO VANIL MANDÉLICO

AVM

FEOCROMOCITOMA, ACIDO VANIL MANDELICO

NEUROBLASTOMA, ACIDO VANIL MANDELICO

VANIL MANDELICO, ACIDO

VMA, ACIDO VANIL MANDELICO

Agendamento

Este exame nao necessita ser agendado.

Prazo de Entrega

Em até 15 dias corridos às 18h*

* Este prazo pode variar de acordo com a unidade. Por favor, ligue para a nossa Central de Atendimento para confirmar o prazo na unidade de preferência.

Orientações necessárias

- Este exame é realizado em urina colhida durante 24 horas. - O cliente deve retirar, no Fleury, os frascos adequados para a coleta do material e a folha de instruções. É obrigatório a apresentação do pedido médico na retirada dos frascos. - Durante a coleta, todos os medicamentos que forem possíveis devem ser suspensos. Em caso de dúvida, recomenda-se que o cliente consulte o médico assistente. - Para mulheres, o ideal é não fazer o exame na ocasião da menstruação. - O material deve ser entregue no Fleury até 48 horas após o término da coleta.

Processamento e adequação da amostra

- Homogeneizar, medir o volume total; - Medir o pH, que NÃO deverá estar superior a 5,0; - Aliquotar 2 tubos plásticos com capacidade para 4 mL cada um. - Anotar volume total, na ficha do cliente e no sistema de gerenciamento de amostra; - Enviar à seção, em temperatura ambiente; - Volume mínimo: 4 mL. ATENÇÃO - para crianças de 0 a 5 anos, quando solicitado pela Enfermagem, retirar do frasco 50% do conservante, alterando a quantidade constante no rótulo. Estabilidade da amostra Temperatura ambiente: 8 horas; Refrigerada (2-8ºC): 7 dias; Congelada (-20ºC): 1 ano.

Método

- Cromatografia líquida de alta eficiência (HPLC).

Valor de referência

- De 1 a 6 meses : de 0,1 a 1,0 mg/24 h - De 6 a 12 meses : de 0,2 a 1,5 mg/24 h - De 1 a 5 anos : de 0,5 a 2,5 mg/24 h - De 5 a 10 anos : de 0,8 a 3,0 mg/24 h - De 10 a 15 anos : de 1,0 a 6,0 mg/24 h - Acima de 15 anos: de 2,0 a 7,0 mg/24 h

Interpretação e comentários

- O ácido vanilmandélico (VMA) é o metabólito final comum das catecolaminas adrenalina e noradrenalina. Sua excreção urinária está aumentada em portadores de feocromocitoma, ganglioneuroma e neuroblastoma. - Em cerca de 20% a 30% dos neuroblastomas, a dosagem de VMA pode ser normal, mas, na maioria das vezes, encontram-se alterações de outros parâmetros laboratoriais que permitem o diagnóstico, como as catecolaminas e as metanefrinas, por exemplo. - Os exames recomendados para a triagem do feocromocitoma são as dosagens de metanefrinas e VMA na urina. Neste caso, a dosagem de catecolaminas urinárias deve ser deixada para uma abordagem posterior. É possível ainda encontrar valores elevados de VMA em outras doenças graves, tais como choque, insuficiência respiratória e neoplasias. - Todos os métodos disponíveis estão sujeitos a variações e interferências, a exemplo de drogas que inibem a enzima responsável pelo metabolismo do VMA (monoaminoxidase) e da L-dopa.

Dias de Medicamento

IMPORTANTE: Anotar medicamento(s) do (s)último(s): 7 dias(s).

Cobertura de convênios

Para informações sobre cobertura de convênio, consulte nossa página de Convênios ou ligue para nossa Central de Atendimento pelo telefone: (21) 2266-8989

Preços e Pagamento Particular

A Clínica Felippe Mattoso oferece parcelamento em até 10x sem juros (parcela mínima de R$ 50,00).

Não possui cadastro? Cadastre-se já!

Entre em contato com a nossa Central de Atendimento e agende seu exame: 

(21) 2266-8989